.

Independência ou Morte? Eu gritaria: Direito á vida!

|
Amanhã feriado...
Mais um dia para que alguns trabalhadores brasileiros possam descansar...
Há 189 anos D. Pedro conforme a visão romântica da história gritava ás Margens do Ipiranga:
-Independência ou morte?
Quisera eu que as coisas tivessem ocorrido assim...
Bom, isto agora não vem ao caso. Curtamos o feriado, e lutemos agora por nossos direitos 189 anos depois...
Estou eu aqui há dias me organizando por Ns motivos. O primeiro? Manter a glicemia no lugar. O segundo? Organizando a papelada para dar entrada ao processo da bomba de insulina...
Tudo isso tem me dado um estresse danado. Parece que  quero a bomba por capricho, praticidade e etc. Quando na verdade não é!
Tenho apresentado há meses resistência á insulina, e embora eu ainda não tenha seqüelas do diabetes (graças á Deus) sei que se o barco continuar nesta maré corro sérios riscos.
Pelo test drive foi confirmado, a bomba supriu minhas necessidades, uma vez que programada ela envia de hora em hora a quantidade de insulina que necessito ao longo do dia.
Esta última semana não foi fácil, estive firme pois tenho um foco, por outro lado, estou tão... tão... Decepcionada... Aborrecida...
Acho que devo compartilhar isso com vocês para que lutem quando necessário por seus direitos... Estou lutando por minha vida, acho que tenho direito á ela, tenho direito de tê-la com qualidade. Até quando as autoridades serão omissas á isso. Gastasse horrores com diferentes coisas... E negam-me o direito á vida?
Não estou nesta situação por que quero!
Falo isso, por que já tentei entrar pelo AME- Maria Zélia no processo administrativo para ver se conseguia a bomba. Fui lá com o laudo médico, peguei o bendito formulário, levei para minha médica preencher, levei novamente preenchido para lá. Recebi um telegrama para comparecer ao Hospital das Clinicas, estive lá, fiz uma entrevista e 45 dias depois foi notificada por telegrama, com a petição indeferida.
Só que as coisas tem se agravado, não tenho condições de comprar a bomba e nem de mantê-la... E ai? Quem arca com isso? Será que eu “tô” assim por que quero? Desempregada, como se mantém a doença e mais este custo?
Bom, neste desabafo aproveitem a dica de como procedi para entrar com o processo da bomba de infusão contínua, o mesmo ocorre para quem precisa de insulina de alto custo. Só dá para ir ao AME Maria Zélia (Rua Jequitinhonha, 360 – Belenzinho – Telefone: (11)3583-1800 - Tele/Fax: (11) 2695 -7850) com o laudo médico, vá direto no Setor 1, pegue a senha ,apresente o laudo médico, e retire o formulário. Isto eles chamam de processo administrativo. Não esqueça, xeroque tudo, principalmente o formulário preenchido pelo médico, para que você o tenha no caso de qualquer eventualidade.

Se tudo correr bem, na maioria das vezes as pessoas retiram seus medicamentos na Rua dos Italianos, 506 (é lá que eu pego minhas insulinas), ao lado do Museu da Saúde Pública, aproveitem para visitá-lo (Rua Tenente Pena,100 -   (11)  3331-0341- acho que tem que agendar a visita), tudo no Bom Retiro. Cuidem-se com a José Paulino!
 Amigos torçam por mim!

5 comentários:

  1. Parece brincadeira mesmo né, as pessoas pensam que estamos com capricho mas só quem vive com a diabetes sabe do estamos falando. Eu estou indignada tb, não consigo controlar minhas glicemias com a insulina que o postinho fornece e minha médica acha que não vale a pena tentar entrar com processo pra insulina de alto custo devido a minha idade, ela diz ser só pra crianças... Difícil viu... Desejo que vc consiga pq sei o que é isso

    Tô recomeçando meu blog e gostaria te ver por lá de vez enquando tb... bjinhos que Deus te abençõe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julyana vc tem que trocar sua médica, por que ela ta falando besteira, entrei com processo pra mim, e em menos de 30 dias o juiz determinou que o estado estava obrigado a me fornecer as insulinas e os inssumos.

      Excluir
  2. Olá Ju! Desculpe só te responder hoje, to na correria por aqui...
    Corra atrás de seus direitos e não há idade para eles.
    Qto ao seu blog, mande-me o link para que eu possa divulga-lo...bj

    ResponderExcluir
  3. Olá Kath, meu marido e cunhado são diabéticos tipo I e gostaria que você me orientasse, pois gostaria muito de conseguir as insulinas para eles. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia você é de onde? Me manda um e-mail kathpaloma@hotmail.com.Abs.

      Excluir