.

Um pouco de mim...

|
Não é a melhor postura a minha é bem verdade, mais hoje está na hora de me desarmar e falar um pouco das coisas que sinto em relação ao diabetes. Não dá para ser forte o tempo todo...

Talvez esta seja uma condição que eu sempre vá questionar,a mim, á Deus, sei lá a mais quem... e não sejamos hipócritas em dizer que amamos esta condição, simplesmente com o tempo aceitamos...

Por mais que eu me trate, vá ao endocrino e etc... Vem sempre aquela dúvida: Por que Meu Deus? Por que isso comigo? Porque?????

Daí depois de algumas horas os questionamentos desaparecem e eu tento fingir que eles nunca vieram, e até me arrependo de ficar assim. Durante um período, conversava sobre isso com as pessoas, depois de um tempo a gente nota que ninguém mais tem saco, e esta é a sua cruz. E talvez também eu esteja cansada de ouvir os consolos que embora sejam bem intencionados uma hora cansa, por que quem está na sua pele é você, e então ninguém melhor do que você mesma para entender o que se passa na sua cabeça e corpo.

Me considero interessada quanto a doença, leio sempre para manter-me informada, por meio do blog e diálogos tenho ajudado pessoas, mais o que se passa aqui só eu sei... E também sou ser humano né?

Tenho que encarar com maturidade tudo isso, por que a única interessada sou eu, a saúde é minha. Mais, trocentos dextros, aplicações de insulinas,hiper, hipos, alimentação restringidas (por mais que haja a contagem de carboidratos) e  um dos meus sonhos por hora abandonado... Haja Saco!!!

Enfim... É a vida, só resolvi me abrir por que sei que muitos diabéticos se sentem assim, e talvez se achem ETs quando pensam assim, quero que saibam que também me sinto desta forma, e talvez sempre nos sentiremos, não com assiduidade, mais em algum momento...

Mais é como eu sempre digo: A vida continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário