.

Com diabetes, ator mirim de ‘Avenida' se destaca na reta final da novela

|
Um dos grandes mistérios da última semana de Avenida Brasil será quem matou Max (Marcello Novaes), que morreu no capítulo da última quinta-feira, 11. João Fernandes, que interpreta o Picolé, um dos meninos do lixão, ganhou espaço na trama nesta reta final e diz que vai ajudar a unir as peças do quebra-cabeças. “Vou juntar uma pista aqui e outra ali e vou descobrir segredos do passado de Santiago (Juca de Oliveira) e de Max”, contou o ator, de 13 anos.
João Fernandes 'Picolé' posa para o EGO (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)A presença cada vez maior de João em cena é resultado de muito estudo e dedicação. Desde pequeno ele quer ser ator, mas a mãe, Hilda, não deixava. João acabou se inscrevendo escondido em uma agência, e logo no primeiro teste, aos 9 anos, para “Caminho das Índias”, foi aprovado. Hilda teve que dar o braço a torcer: “Ele nasceu pra isso, tem loucura pelo que faz. É estudioso e dedicado, já fez cursos de televisão, teatro, dublagem, além de aulas de dança, capoeira e jiu-jitsu”, conta ela.Além da novela de Glória Perez, João participou de “Escrito nas Estrelas” e “Insensato Coração” até conseguir o papel de Nidinho, em “Cordel Encantado”, que lhe rendeu o Prêmio Contigo! de melhor ator mirim. Agora ele está escalado para a novela “O Pequeno Buda”, de Duca Rachid e Thelma Guedes, que tem estreia prevista para setembro de 2013.
João tem usado o esporte e o trabalho para controlar a diabetes que adquiriu aos 4 anos. Segundo Hilda, a doença é algo muito difícil de lidar, principalmente nesta fase da adolescência, quando há muitos questionamentos.
João Fernandes 'Picolé' posa para o EGO (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
“João não pode comer coisas que ama, como batata frita. Pizza, só uma fatia. Ele sabe que não dá para comer um chocolate inteiro. O segredo é uma alimentação equilibrada e muito esporte. O trabalho também ajuda no emocional”.
Quando tem bolinho de chuva da mãe Lucinda (Vera Holtz) nos bastidores da novela, João precisa se contentar com um ou dois, enquanto o resto dos atores come um bolinho atrás do outro. O ator recebeu o apoio de dois diabéticos famosos, que o ajudaram a ter mais disciplina. “O ex-jogador de futebol Washington disse para ele se cuidar. O José Loreto foi quem o aconselhou a lutar jiu-jitsu”, conta a mãe.
“Sonho fazer filme com Nicolas Cage e ganhar o Oscar”

O clima nos bastidores de “Avenida Brasil” está emocionante, segundo João. Gravando até tarde, o elenco tem assistindo aos capítulos no estúdio. “Todo mundo estava reunido e chorou com as cenas do Adauto (Juliano Cazarré)”, conta o menino.
João Fernandes 'Picolé' posa para o EGO (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)João acha Eliane Giardini 'a mais linda de todas'
(Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Juliano é um dos exemplos a ser seguidos por João, que sonha fazer um filme com Nicolas Cage e ganhar o Oscar. Para isso, sabe bem o que deve fazer quando está em cena. “Tento entrar no personagem, entro na realidade dele. Fico estudando as pessoas”, diz o menino, que tem na ponta da língua um ator que é seu ídolo máximo: Emiliano Queiroz. "Adoro pesquisar sobre atores mais velhos e novelas antigas”.
A idade não importa também quando o assunto é mulher bonita. João se considera ousado. “Dou ideia nas meninas, não ligo para a idade. Já ‘cheguei’ em uma de 25 anos”, conta ele, orgulhoso, citando mulheres bonitas de várias faixas etárias: “Roberta Piragibe, Alice Wegmann, Nanda Costa, Andréia Horta... Mas a mais linda de todas é a Eliane Giardini”. Abre o olho, Adauto!
Com cerca de 10cm a mais desde que começou a novela e a voz em fase de transformação, ele vai cortar o cabelo curtinho assim que se despedir de Picolé e avisa as gatinhas, em tom de brincadeira: “João Fernandes está livre, leve e solto no Rio de Janeiro!”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário