.

Hipo canibal

|
As HIPOS tem sido frequentes na madrugada ou um pouco antes de levantar (mesmo medindo de madrugada e etc...).

Acordei e gritei num desespero, como se tivesse tido um pesadelo:


-Dinho!!! Tô com hipo!


Meu marido deu um pulo da cama e correu pra pegar água com açúcar, mediu 44 mg/dl. Eu ñ conseguia levantar para beber a água, ele me deu o canudinho, e o peste do canudo emperrou, me deu um desespero, eu me sentia como se tivesse me afogando, era péssima a sensação ... Ele estava na minha frente desesperado tentando me ajudar. De repente eu agarrei na perna dele como uma força, q ñ sei de onde saiu, arranhei as pernas dele e mordi, o desespero passou a ser outro, ele tentava me tirar das pernas dele pra me socorrer e parar de sentir dor, inevitavelmente ele se irritou, deu um saculhão, abriu minha boca colocou açúcar nas bochechas massageou e foi conversando comigo... Depois disso dormi.



No outro dia me senti cheia de medos, culpada por ñ conseguir dominar meu corpo (mesmo sabendo q a culpa ñ foi minha) e envergonhada, pois por mais q eu conheça meu marido, por alguns segundos acabei com a perna dele, e tudo isso é muito contraditório, sem força pra beber água, mais com uma força de leão pra acabar com meu marido.

Simplesmente ñ há explicações para algumas hipos...


*Algumas partes deste depoimento foi ele q narrou, eu ñ me lembro.








Um comentário:

  1. Lendo seus post começo a ter medo das hipo!!! Nunca fiquei assim, geralmente meu coração acelera e começo a suar frio, o mais baixo que cheguei foi 46...

    ResponderExcluir