.

Desistir? Jamais!

|
Olá Pessoal!

Consulta do dia 01/04/2013 com a obstetra já foi postada, espero poder ajudar grávidas e futuras mamães DM1 com minhas experiências. É como sempre digo, não sou médica, porém ver que alguém diabética leva uma gestação é bem bacana pra quem quer se tornar mamãe também. Quando comecei a cogitar a idéia de maternidade foi o que mais procurei e sentia falta de maiores vivências e “explicações mais á fundo” neste sentido.

Aqui falo muito mais do Diabetes, pois ainda Graças á Deus não tive problemas com pressão alta, aumento de líquido amniótico e as “patias” que o mal controle glicêmico podem ocasionar. Menciono estas questões, pois conheço pessoas que tiverem estes problemas. Não posso falar de coisas que não vivencio, porém quando encontro matérias bacanas sobre os temas gosto de postar no blog.

Dia 05/04 tive consulta com a endócrino, levei pra ela a cartinha da obstetra alertando sobre o percentil de 79% do Davi. A mesma mexeu nas dosagens de insulina basal e bolus na bomba. Senti que não deu diferença, anotando os dextros, comparando refeições, meu corpo e afins resolvi mexer por conta própria na dosagens (não aconselho ninguém a fazer isso, embora eu ás vezes o faça é sempre com responsabilidade, observações e diálogos com a endócrino). Anotei o horário das mudanças, os dextos, alimentação e levei para a endócrino no dia 19/04, expliquei por que fiz as mudanças e o que havia reparado, a mesma levou em consideração minhas mudanças e realizou outras na basal e não no bolus, disse que por enquanto deixaria com minhas mudanças.

Confesso que estes tem sido dias de estresse total pra mim, consultas e exames quase que diários, minha vida pessoal está sendo afogada, minha sorte que mesmo entrando em atrito ás vezes com o Anderson, ele tem me dado todo o apoio, cuidado da casa, ido á algumas consultas e exames. Ele está bem presente! O pobre tem agüentado meu nervoso, ando muito “chiliquenta”, ás vezes me sinto sobrecarregada com o excesso de coisas pra se fazer e o pouco tempo que as tenho para realizar, sinto falta de mim, de fazer as coisas que realmente gosto, pois consultas, exames,blog e os trocentos e-mails que recebo me tomam um pouco de tempo. Só estou expondo esta situação, pois será típica na vida de vocês, mais agradeço á Deus pela maternidade, sei que tudo isso valerá á pena.

Na consulta do dia 19/04 a endócrino me aconselhou a desacelerar mais, disse que estou um pouco estressada e preciso realmente descansar, to tentando...

Dia 22/04 em consulta com a obstetra ela viu meus dextros e não ficou tão feliz, disse que por estar com a bomba não era pra ter hipers acima de 200mg/dl, o fato é que estou tendo, o crescimento (graças á Deus) do meu filho, é prejudicial á mim, pois estes hormônios que os faz crescer eleva minha glicemia, daí entra outros fatores como estresse e alimentação que reforçam esta situação.

Confesso que na hora me senti desapontada, tenho me esforçado e não tenho obtido os resultados esperados, novamente hora de rever toda minha situação, não dá pra esmorecer numa hora dessas, fazer corpinho mole e muito menos comer juízo da minha Equipe Médica com esta situação, eles me orientam e me acompanham mais tenho plena consciência que a culpa não é deles e que não os posso sobrecarregá-los com esta situação. Vejo pacientes literalmente enchendo o saco de médicos, ligando, mandando e-mails sem parar, fazendo inúmeras cobranças esquecendo que estes são pessoas como nós. A gente deve se preocupar e não sair enchendo ninguém por ai, falo isso por que o que tem de DM pirada e chata não está no gibi...Desculpe-me a sinceridade, mais alguém tem que dar um toque né?

A endócrino pediu pra que no dia 25/04 mande os dextros por e-mail para que ela possa acompanhar as mudanças nos dextros, tenho certeza que ela não notará muita diferença ainda estou tendo hipers, sendo assim, ela fará mudanças nas dosagens. Já descobrimos um problema no meu tratamento, estou com pouca unidade de insulina por quilo, sabemos que a basal com certeza precisará sofrer alterações ainda maiores, o bolus avaliaremos.

A obstetra acha que isso já deveria ter sido feito há mais tempo e com mais rigor, ou seja, aumentar as dosagens logo e observar e não aumentar aos poucos e ir observando. A mesma me disse que não dá mais pra brincar o percentil do Davi que tende a se elevar, ele já está com 27 cm...

Na hora desapontamento, depois feliz pela garra que Deus tem me dado para lhe dar com esta situação. Estou com orgulho de mim mesma! Com todo este estresse tenho conseguido manter serenidade e equilíbrio e assim estou levando.

Esqueci de falar, tive consulta com a nutricionista que avaliou meu diário alimentar e fará mudanças no meu cardápio, agora tenho sentido mais fome e para não me acabar na comida tenho fracionado as refeições o que a deixou feliz, não precisou nem ela me dizer que teria que fazer isso pois já estou fazendo...

Fechamento dos dois trimestres e início do terceiro: Quase três quilos engordados, dois e poucos. Tenho que ganhar mais um pouco pelo Davi, mais esperamos que não sejam muito.

Hoje tomei a vacina da gripe e anti tetânica que já estava na hora, hepatite não houve necessidade, os exames de sorologias não apontaram nada que indicasse aplicá-la.

24/04- Ultrassom do Davi.

Simbora em busca de glicemias com variações d 70 mg/dl á 120mg/dl. Embora saibamos que hiper e hipo aconteçam só não podem neste momento se tornarem uma realidade constante.


Consultório da Endocrino e Nutri

Nenhum comentário:

Postar um comentário