.

E o Dia das Mães desse ano será o mais feliz da minha vida

|
Ano passado neste mesma data eu voltava pra casa vulnerável em todos os aspectos da minha vida, tinha passado por uma curetagem, voltar pra casa na semana do Dia das Mães sem meu filho no ventre não foi fácil...


Hj um ano depois, sei q poderei comemorar finalmente o Dia das Mães como mãe de útero e não mais só de coração... Minha barriga se mexe,vibra...Dentro dela tem uma vida e se chama Davi. 

Tudo agora faz sentido, as peças se encaixaram neste meu quebra-cabeça...Obrigada Senhor por me permitir gerar e mais ainda por me ajudar a ter disciplina e os devidos cuidados como grávida diabética tipo I.

Um comentário: