.

Homenagem ás Mães DMs1

|

Comecei este blog com o objetivo de partilhar minha vida como DM, medos, anseios, felicidades, revoltas, enfim, vontade de falar de mim pra não me sentir um E.T no mundo (bom pelo menos no meu  mundo onde DMs eram raros. Encontrei meu espaço, pessoas que eu pudesse compartilhar minha vida e foi muito bacana isso.

 Os meses passaram-se e logo veio a curiosidade da maternidade na vida de uma DM, comecei a ler, perguntar aos médicos e encontrei várias pessoas que me iluminaram, quando tinha dúvida as procurava, mais na minha ansiedade não ia enchê-las de perguntas e deixá-las de saco cheio de mim, mesmo por que entendo que quando uma fase passa em nossa vida, mais pra frente lembramos dela de uma forma muito geral, e eu curiosa que sou, queria saber os pormenores. Por isso decidi: O dia em que eu engravidar paro nem que for uma vez por semana e narro meu cotidiano, e é isto que tenho feito desde minha primeira gestação que infelizmente resultou em um aborto. Confesso que não é fácil sentar aqui e escrever, por menor que seja a postagem não me leva menos de 20 minutos, e eu como todo  qualquer ser humano tenho vida né?

Hoje grávida de 07 meses do Davi sei o que é a Dádiva da Maternidade e o quão custoso nos é gera uma vida, vida esta que em meses só nos traz alegrias.

Para mostrar ao mundo que é possível DMs Tipo 1 terem filhos lindos e saudáveis, juntei um pouco dessa galerinha com sua prole.

Amigas, obrigada por se juntarem a mim nesta causa, mulheres MA-RA-VI-LHAS vocês são!

FELIZ DIA DAS MÃES!!!!!




Da  esquerda pra direita de cima pra baixo:


1. Ana Carolina, mãe de Ana Laura (4 meses). Há 18 anos diabética. Tratamento: Lantus e Humalog.

2. Carol, 34 anos e há 34 é diabética. Mãe de Isabella de 2 anos. Tratamento: Na gestação usou NPH  + ultra-rápida. Atualmente usa Bomba de Insulina.

3. Cristiane,32 anos e há 21 anos é diabética. Mãe de Rita ( 7 anos), Ana Luiza (6 anos) e  Danielle (5 anos). Tratamento:  Na gestação usou NPH e Regular. Atualmente usa Lantus e Humalog.

4.Ellen,  diabética há 06 anos e mãe de Murillo de 02. Tratamento: NPH e Regular.

5.Cristina, DM há 39 anos. Isso não a impediu de casar, estudar e ter uma filha (Nicole 26 anos e enfermeira).  Tratamento: Durante a gestação usou NPH e R. Atualmente é usuária de bomba de insulina. 

6. Tamie, diabética há quase 15 anos. Mãe da princesa  Harumi de 4 meses. Tratamento: Lantus e Novorapid.

7. Juliana, 30 anos- Diabética há 03 anos: Mãe de Beatriz 13 anos (nesta gestação não era Diabética) e Guilherme 1 ano e 3 meses. Tratamento: Insulinas NPH e Regular

8. Kath Paloma, 26 anos e há 6 é diabética. Em 2012 teve um aborto retido, no entanto isso não a fez desistir da maternidade 5 meses após o acontecido com bons controles glicêmicos e aprovação médica engravidou novamente. Hoje está grávida de 7 meses do Davi. Tratamento: Até a 22ª semana de gestação usou Levemir e Humalog, depois deste período Bomba de Insulina.

9. Luciana, diabética há 16 anos e mãe de Maria Eduarda de 4 anos. Tratamento: NPH e Regular.




Eliane e Helena.


Da  esquerda pra direita de cima pra baixo:

1. Dayse, 28 anos e há 05 é diabética. Mãe de Isaque de 02 meses. Tratamento: Durante a gestação usou bomba de insulina, porém pós gestação devido ao seu ótimo controle glicêmico voltou a usar Lantus e Novorapid.

2. Regilaine, 24 anos e há 8 é diabética. Grávida de 4 meses (ainda não sabe o sexo), os nomes prováveis serão Gabriel ou Vitória. Tratamento: NPH e Regular.

3. Marcela,27 anos e há 03 anos é diabética. Mãe do Pedro  de 1 mês. Tratamento: Lantus e Humalog.

4.Taciane, 29 anos e há 25 é diabética. Mãe de Clara (5 anos) e Luigi (2 anos). Tratamento: NPH e Regular.

5. Espaço dedicado pras que DMs que desejam ser mães ou por um acaso já estejam grávidas. Estou em constante orações por vcs! Persistência, responsabilidade, disciplina, controle e fé nos ajudam nesta caminhada.

6. Teresa, há 27 anos diabética. Mãe de Lorena de 2 anos e 7 meses. Tratamento: Bomba e sensor.


7. Talita, 28 anos e há 16 é diabética. Mãe de Emily de 12 anos e  há 02 anos também tornou-se diabética. Tratamento: Ambas usam insulina Lantus e Humalog. Lembrando que o fato de Emily ser diabética não tem nada a ver por sua mãe ser, pois bem sabemos que a probabilidade de uma mãe DM1  ter filhos DM1 são quase nulas porém estas existem e que DM1  é uma doença auto-imune caracterizada pela destruição das células beta produtoras de insulina e não hereditária.

8. Val Abranches, há quase 22 anos é diabética. Mãe de Tiago (16 anos) e Sophia (4 anos), que também é diabética (usa bomba de insulina). Mãe e filha são doces, diferente do mito que há que filho de DM será DM, este não foi o caso de Sophia, como disse Val uma vez: 
-  Uma DM1 ter um filho DM1 é como acertar na mega-sena e este foi o nosso caso agora é cuidar para vivermos como qualidade!
Sophia tem mostrado á todos que a cercam , como é vida é linda de viver tendo pessoas que a amam e tratam devidamente dela. Tratamento da Val durante a gravidez: NPH e Regular. Atualmente usa: Lantus e Regular.

9. Vanessa,26 anos e há 17 é diabética. Mãe de Davi de 6 meses. Tratamento: NPH e Regular.

10. Eliane Cristina, 36 anos, 8 anos de diabetes, minha filha Helena 1 ano e 5 meses.Tratamento: Bomba de Insulina.




















Nenhum comentário:

Postar um comentário