.

Minha filha me deixou ainda mais doce!

|
Meu blog tem crescido em depoimentos de DMs que se tornaram mães, se a maternidade já é tão desejada por qualquer mulher... Imaginem para uma DM?
Por isso convido ás DMs que se tornaram mamães a dividirem esta experiência conosco (kathpaloma@hotmail.com).
Hoje o depoimento é da Ana Carolina, quando lhe pedi que nos contasse sua história, ela prontamente me enviou o texto e recheou meu e-mail com umas 20 fotos (nem é coruja né? kkk), das fotografias que recebi estou postando 02.
Leiam com carinho:
"Diabética há 18 anos, sempre tive uma vida repleta de doces por conta das hipoglicemias, às vezes nem me lembrava que era diabética... Da noite para o dia minhas hipos tornaram-se hipers em excesso dando HI no glicosimetro. Me questionei:
- Mas porque? Estou me alimentando bem, fazendo o dextro certinho...
Um sono chato começou a me incomodar, fora ele me sentia desanimada e sem fome (coisa que nunca tive) . Fui ao medico pegar receitas para pegar as tiras e as insulinas, me lembrei que fazia algum tempo que não fazia ultrasson (tinha cistos), pedi a este que me desse uma guia para realizar o exame, resolvi já deixar agendado para não ter que ligar depois, e por incrível que pareça a recepcionista disse que havia uma vaga pros próximos 20 minutos, resolvi esperar, antes de entrar na sala fiz um dextro pois estava com mto sono tendo toda certeza do mundo que estava com uma bela hipoglicemia, até coloquei uma bala na boca para adiantar, quando vi o resultado "HI" fiquei louca comigo mesma...
Deitei na cama para fazer o exame, pouco tempo depois o medico disse:
-Já escolheu o nome?
Pensei:
- Como assim?Nome pra que? Será que ele quer dar nome para meus cistos? Como assim doutor nome?
Adivinhando meus pensamentos ele me respondeu:
- Mamãe, você esta com 5 semanas e 5 dias de gestação :PARABENS!
Sai de lá chorando, sem chão, feliz, nervosa, sem saber o que fazer uma coisa mto estranha que não da pra explicar como foi... Com medo, muito medo, contei pra minha mãe, agendei o obstetra um excelente profissional, que merece um OSCAR por todo carinho atenção e profissionalismo! Enfim...
Foram 9 meses de susto e alegria!


Os três primeiros meses como perdi um pouquinho de sangue, fiz repouso absoluto, meus dextros eram feitos de 1h em 1h! Deixei de lado a insulina Lantus e Humalog e passei a usar a Regular e a NPH (opção do médico).
Fiz um controle super rigoroso, emagreci 8 kilos no inicio da gestação e engordei 10 no total até o fim da gravidez, depois que descobrimos a gravidez passei a não ter hipers, porém do 8º mês em diante  não saia de 350mg/dl...
Com 20 semanas descobri que era uma menina, com a ajuda da tia Camila e da madrinha Paula escolhemos o nome de Ana Laura!
O parto estava previsto para 20 de novembro...
Neste meio tempo aconteceu algo chato em minha vida: O término do meu relacionamento com o pai da criança. Isso me abalou mto, uma pessoa que me amava muito (era o que ele dizia) com a notícia  queria me ver longe com a própria filha... Nunca a viu, nunca a pegou no colo, não quis conhecê-la... E não sabe o que esta perdendo, mas hj ela é só minha e não divido com ninguém... Mas isto é outra historia...
No dia 15 de outubro, senti fortes dores, falta de ar e dores no pé da barriga, pensei comigo... VAI NASCER!!! Minha ansiedade era enorme não cabia mais em mim, a vontade de ver o rostinho dela, a cor dos olhos sentir seu cheiro, segurar sua mãozinha era demais...
Fiquei internada do dia 15 até o dia 30 de outubro passando o dia inteiro com hiper e hipo na madrugada... Na ultima ultrasson não sentiram os movimentos do bebê, mas a respiração e os batimentos cardíacos estavam perfeitos... Foi neste dia que meu médico disse:
- Ana, se prepare e durma bem, amanhã a Ana Laura estará em seus braços!
Era tudo o que eu precisava ouvir.  FOI A NOTICIA MAIS FELIZ DA MINHA VIDA!
Dia 31 de outubro de 2012, nasceu meu anjo Ana Laura Ribeiro com 47 cm e 3.080 kgs. Nasceu roxinha e sem movimentos nas pernas devido á hipoglicemia que teve , mais não foi nada grave, os médicos logo reverteram o quadro e eu vi a Benção de Deus na minha vida.

Preguiçosa não conseguia sugar para mamar, tomou por um tempo leite como suplemento para não ter hipo.
Hoje continuo amamentando e tenho hipo após amamentá-la por isso tenho que me monitorar sempre.
Ser mãe é mágico, ser mãe diabética me deixa mais doce ainda!
Sou feliz e realizada!"



2 comentários:

  1. Sua bebe é linda nasceu perto do meu foi dia 25/10 tambem sou diabética e nao estav planejando naquele momento mas hj é razão da minha vida

    ResponderExcluir