.

Davi e a UTI (parte II)

|
Me sentia aliviada, cardiopata ele não era...

Com os pontos da cesárea eu ia me arrastando pro hospital...

Deus meu, como aqueles pontos doiam!Muitas amigas minhas disseram não sentir nada, eu em compensação nos primeiros dias sentia muita dor nos pontos...Estava á base de medicamentos.

Meu bebê estava no hospital e eu em casa. Q péssimo!

Todos os dias recebíamos novas notícias, ele perdeu peso nos primeiros 2 dias e passou a recuperá-los nos dias seguintes.No primeiro dia ficou á base de soro, do segundo em dia foi inserido na dieta  leite, a principio o leite Aptamil, lembro como se fosse hoje, ele começou tomando 5ml por dia... No segundo dia saiu do respirador, mais continuou na incubadora. 

Ele era o maior nenê da UTI, ele era o nº6! Meu nº6!

Foram 4 dias na incubadora, tomando leite, soro e ligado á vários aparelhos.

Queríamos tirar fotos para mostrar á todos da família mais lá não podia.

No quinto dia uma enfermeira me perguntou se eu não o amamentaria, confesso que me senti abobada, na correria tinha até me esquecido disso... Foi quando ela pediu para que eu fosse na sala do aleitamento materno tirasse leite na bomba elétrica e deixasse para o Davi e no dia seguinte uma enfermeira especializada em amamentação me daria auxílio.

Na sala de aleitamento as mães me ensinaram a mexer com a máquinas e insumos, lá fiz muitas amizades, vi muitas coisas e ouvi muitas histórias, vocês não tem noção do que é sofrimento... Como reclamamos á toa...

Estava tendo algumas hipers em horários esporádicos e não me culpo, meus horários de alimentação estavam bagunçados, eu estava estressada e sem dormir...Hipos eram escassas...

Pra acabar de melhorar o elevador do hospital estava quebrado, eu com uma cesariana subia e descia as escadas de lá, minha sorte que ele estava no terceiro andar.

Minha rotina era: Acordar ás 6hs aprontar umas coisas em casa; 9hs íamos para o hospital (Anderson não estava indo trabalhar pra me levar de carro até lá), meu horário na UTI era  das 10hs ás 19hs e do Anderson 11hs ás 13hs (ele tinha q sair quando era o horário de amamentação para não constrangir as outras mães), ás quartas das 17hs ás 17h30 era o dia dos avós que podiam se revezar. Infelizmente estávamos tendo muitos gastos e eu não podia ficar até mais tarde na UTI pelo valor do estacionamento então ficava das 10hs até 13hs. 

Chegava em casa arrasada fisicamente e psicologicamente, estava inchada, me sentia um lixo com meu corpo, nada ficava bem em mim, dava uma arrumada nas unhas, cabelo e maquiagem... Ia arrumada para o meu filho e para que não pensassem que a mãe dele era o relaxo em pessoa. Numa situação dificil e com os pensamentos complexos de uma mulher...

Fabricamos dinheiro, era estacionamento, gasolina,lanches e etc, etc... Mais Deus nos supriu muito!

No quarto dia ele mudou de leito foi pro 16, isso significava uma evolução e neste mesmo dia a Enf. Vera me aguardava para me ensinar como amamentar, parecia fácil mais vi que não era, tudo era diferente do que eu imaginava, ele pegou bem o peito direito e odiou o esquerdo, fui aconselhada a comprar um bico de silicone, muitas pessoas são contra a mamadeira, chupeta, bicos de silicone e etc... Eu não queria nem pensar em diferentes concepções só queria ver meu filho bem, se pra isso ele tivesse que tomar mamadeira e usar bico de silicone.Usaria sim! Só a chupeta que decidi não oferecer (pelo menos por enquanto, posso até mudar de ideia depois). Era uma dádiva vê-lo mamando, chorei muito com a emoção. A partir deste dia a enfermeira pediu pra que eu ficasse até ás 16hs, para poder amamentá-lo, passei a ficar das 10hs ás 16hs, amamentava-o ás 12hs, ás 14hs retirava o leite para amamentá-los ás 18hs e ás 15hs eu dava a última mamada antes de ir embora.

Ele permanecia na incubadora mais podia sair para mamar no peito e fazer canguru... Já me sentia próxima do meu filho, foi aí que começaram as sessões de hipos já que para a amamentar o corpo faz muito esforço o que faz a glicemia cair muito, é como se estivéssemos fazendo exercícios físicos por isso algumas mulheres emagrecem rápido quando amamenta. Eu por exemplo já tinha perdido 6 kgs dos 10 que engordei.

As notícias eram ótimas, a respiração dele estava sendo avaliada pois os médicos achava-o cansado ainda, mais o coração, dextros e demais funções estavam ótimas, ele tinha apenas um sopro no coração...

No 6º dia recebi uma ligação para levar as roupinhas dele para o hospital, ele sairia da incubadora e passaria a vestir roupas.Que felicidade a minha!

No outro dia levei roupinhas porém ele não saiu da incubadora, só no dia seguinte... 

Foram 8 dias de dor, cansaço, sofrimento, angústia... Até que ele recebeu alta. Sai de lá com uma lista de medicamentos pra ele (vitaminas) e pra mim para ajudar no leite.

Minha vida estava mudando, agora o Davi estava indo pra casa...

Dia da alta do Davi


Nenhum comentário:

Postar um comentário