.

Diabética Tipo II e teve parto natural

|
Olá! Me chamo Viviane Gomes de Ornelas, tenho 28 anos, atualmente sou dona de casa, sou diabética tipo II há 6 anos, tomo Insulina NPH, 16 unidades divididas em 3x por dia. Não faço contagem de CHO, mas me controlo bem...

Sempre quis ser mãe e planejei minha gravidez (dentro do possivel), engravidei com 28 anos.

Quando engravidei minha DM oscilava, tive um pico de 330 mg/dl ,isso foi no inicio, depois não passei dos 200 mg/dl, geralmente estava na casa dos 150mg/dl. Nos primeiros 4 meses foi dificil de controlar, no fim da gestação ficou estavel entre 98 e 120mg/dl.

Eu,grávida.

Fiz o meu pré natal aqui onde resido em Iracema/CE no Posto de Saúde da familia. Meu pré natal, foi um pouco complicado, no inicio eu parei de tomar remédio para o diabetes, na cidade onde morava( sitio) disseram-me que eu deveria parar de tomá-lo por conta da gestação.No 7º mês de gravidez , mudei pra cidade e a partir dali passei a tomar a insulina. Levei uma bronca! Me disseram q tive sorte, pois se eu não controlasse minha alimentação poderia ter acontecido o pior com minha filha, não fiz o tratamento corretamente, fiz o que fui instruida e me dediquei dentro do que sabia...

Minha filha cresceu normalmente,abdiquei de muitas coisas q eu gostava,pão, bolo, massas em geral eram minha perdição, mas reduzi praticamente a nada...

Eliminei tudo aquilo que nós diabéticos sabemos que eleva a glicemia, tinha medo de que algo ruim pudesse nos acontecer,por isso dei o meu melhor.

Recebi acompanhamento semanal, o que me dava mais segurança na gestação... Deus foi tão bom comigo que colocou um anjo em minha vida: minha sogra, ela sempre cuidou de mim desde o inicio da minha gravidez... Sou grata á ela também.

Com 6 meses tive infecção urinaria, cheguei a ficar internada por 2 dias para sanar a infecção, tomei remédios e a infecção se foi, graças a Deus tudo correu bem.

Realizei todos os exames necessários, todos mostravam q a bebê se desenvolvia bem. Engordei pouco porque já tinha sobrepeso, durante a gestação meu peso subiu em apenas 4quilos. Depois q ganhei nenem não perdi mais do que o q tinha ganhado na gravidez.

Fiquei tranquila, aguardei o tao sonhado momento, fui internada no dia 20-08-13, a data prevista para parto era dia 22, mas fui informada no hospital que me internariam por precaução por se tratar de uma gravidez de alto risco, me disseram que fariam uma cesárea nos dia 25/08. Diante das informações fiquei apavorada, então pasmem...Entrei em trabalho de parto minutos depois! Foi um misto de sentimentos... Resumindo:passei por 13 horas de dor, até que Camilly nasceu, tornando o meu maior sonho realidade, ser mãe.

Camilly Vitória, é o nome que eu escolhi pois gosto de Camilly e Vitória e decidi juntar os dois. Ela nasceu pesando 3.150g e com 48 cm de comprimento, com idade gestacional de 39 semanas e 2 dias.
Camilly e seu charme.
Só amamentei por 2 semanas pois não formei bico e ela tinha boca e nariz muito pequenos, então como meus seios eram grandes demais, ela não conseguia mamar e respirar ao mesmo tempo (explicação da pediatra).

Minha Gestação foi muito satisfatória pois me cuidei bem. Quando eu fui internada pra dar a luz, fiquei no quarto com mais 5 diabéticas, delas fui a única com melhor situação e q teve parto normal.

Nós duas.

Pretendo sim ter mais um bebê, daqui uns 7/ 8 anos, mas pretendo me organizar bem antes (o marido não concorda muito,diz que dá muito trabalho, mas até la convenço ele kkk).

Ser mãe dá trabalho, mas a emoção de ver um ser pequeno rindo pra vc querendo seu colo,crescendo e evoluindo é bom demais. 

Se você deseja vá em frente!Planeje, cuide-se, faça todos os exames possíveis, não deixe q pessoas te deixe para baixo.Lutei até o fim e hoje sou a mãe mais feliz do mundo, faria tudo de novo...

Papai e filhinha.

Essa é minha história, uma mulher q sonhou acreditou e conseguiu,sendo hoje uma mulher q mesmo com seus problemas, venceu mais essa batalha. Sei q ainda tenho muito a vencer, aliás nós temos...Mas o segredo é lutar. Então:Lute!

Camilly e suas poses.

3 comentários: