.

Meu sorriso se chama Enzo Gabriel

|
Me chamo Ana Paula,tenho 21 anos,casada há 4 anos,tenho um filho chamado Enzo Gabriel.

Sou diabetica tipo 1 há 2 anos. Tive o diagnóstico  quando engravidei pela primeira vez, mais infelizmente com a noticia do diabetes,soube também que havia perdido meu bebê.Estava com 3 meses de gravidez ...

Um ano se passou e decidi engravidar de novo,depois de muitas tentativas que falharam,enfim o positivo chegou em nossas vidas. Lembro como se fosse hoje , foi numa sexta feira, de madrugada levantei bem devagarzinho para não acordar meu marido, fiz o exame de farmácia e quando vi que deu positivo fiquei gritando de felicidade, tanto que acordei meu marido,curtimos a notícia.

Logo, vários pensamentos vieram á minha mente: Será que consigo? Será que vou perder meu bebe de novo? Expulsei estes pensamentos e resolvi pensar positivo e não desistir jamais. Conheci mães e grávidas diabéticas, foi a superação e palavras delas que me animavam. Não foi uma jornada fácil,mais tbm não foi impossivel, com esforço e dedicação tudo deu certo...Tive muitas hipers e hipos, mais graças a Deus nenhuma delas afetou  meu bebe....Deixei de fazer muita coisa que gostava por amor á ele que ainda nem conhecia mais que me mudou completamente pra melhor....

Levei minha gravidez até as 38 semanas,poderia ir até as 40 mais como estava sentindo contrações e perdendo liquido decidiram me internar. Tentaram induzir meu parto pois me internei sem dilatação,fiquei 2 dias internada sofrendo com muita dor, pois era maternidade do SUS e eles tentaram parto normal até a ultima hora, com tudo isso não posso reclamar, eles foram  atençiosos e  se preocupavam com as minhas glicemias, quando eu ia tendo queda glicêmica  me davam glicose na veia pois não conseguia comer nada.

Fui internada no sábado e  na  segunda dia 16/12/13 de manhã o médico foi me examinar e achou por bem fazer uma cesárea em mim. Ás 15:25 do dia 16/12/2013 meu bebe nasceu com 3.395 gramas e 48 cm, foi o melhor presente dado por Deus,quando a medica veio trazê-lo para que eu o visse  fiquei emocionada, comecei a chorar, ele veio aos gritos chorando e quando ouviu minha voz calou na hora.

Fui pra sala de recuperação e ali começou minha preocupação...Cade meu filho?Sera que ele foi pra UTI? Foi quando em meio a este desespero a enfermeira me pergunta se quero amamentá-lo , fiquei aliviada. Enquanto eu o amamentava agradecia á Deus por ele ser perfeito e não lhe faltar nenhuma parte do corpo.

Hoje só tenho que  agradecer a Deus e as pessoas que me ajudaram, o Enzo é uma benção em nossas vidas.

Para as diabéticas que pretendem engravidar digo: Não desista do sonho de ser mãe pois nada é  impossivel aos olhos de Deus e com muito esforço vcs conseguem,a recompensa no final é muito boa e tudo valerá a pena. Hoje posso dizer que sou a mulher mais feliz desse mundo, tenho uma familia perfeita e o filho que pedi a Deus. Não sei qual foi o proposito de Deus quando tempo que perdi meu 1º bebe, mais hoje sei que naquele tempo não teria a maturidade que tenho hoje para lutar e vencer todos os obstáculos que tive na vida. Enzo Gabriel, é a razão do meu sorriso.



Abaixo está o  link do meu depoimento quando estava grávida :

http://diabetesevoce.blogspot.com.br/2013/10/ana-paula-gravidissima-conta-seu.html

Um comentário: