.

Uma glicada adequada me possibilitou uma boa e tranquila gestação

|
Sou Julliana, 31 anos de idade e 7anos de DM tipo 1. Sou bióloga, professora de Biologia da rede estadual de educação e enfermeiranda pela UFRN. 

Desde que fui diagnosticada com Diabetes Melitus (DM) tipo 1 aos 24anos, já iniciei o tratamento com lantus em caneta, 2 meses depois iniciei também a Novorapid também em caneta. Nunca precisei usar seringas. Graças a Deus já conheci o melhor tratamento desde o início do diagnóstico. Não tenho nenhuma sequela do DM até o momento, mesmo tendo apenas 7anos de diagnóstico. 


No início, foi um susto grande pra mim e minha família. Passei 1 mês acordando e dormindo aos prantos achando que minha vida tinha acabado. Quase entrei em depressão. Até que acordei um certo dia, rezei e pedi forças pra enfrentar tudo de cabeça erguida. E assim, Deus o fez! 


Aprendi a contagem de carboidratos e comecei a controlar bem as glicemias com o uso dessas insulinas abençoadas e a levar uma vida mais saudável e normal.


Minha hemoglobina glicada assim que descobri a DM era 9,0. Apos o diagnóstico e o uso das insulinas sempre ficou em torno de 5,7 até 6,0. Engravidei em outubro com a glicada ótima e os exames todos em dia. Tomava anticoncepcional e havia parado em setembro e logo em seguida já engravidei.


Dizer que controlar as glicemias durante a gravidez foi fácil, seria muita ironia! Tive bastante hipoglicemia no início da gestação pra tentar ser bem rigorosa com as glicemias almejadas pra que nada de ruim acontecesse com o feto nos primeiros meses. Depois, começaram as hiperglicemias para me enlouquecer! 


Tenho uma obstetra bem rigorosa, que me ajudou muito a ter uma gestação tranquila mesmo sendo considerada de alto risco. Fui acompanhada também pelo meu endócrinos que sempre foi indispensável para meu controle glicêmico. Não tive nenhuma internação em toda gestação. Continuei com a rotina normal de trabalho, faculdade, exercícios físicos diarios e sempre de olho na glicemia. Todos os exames da minha filha sempre foram ótimos, normais... Percentil sempre entre 40 e 60.





Comecei a contagem regressiva pela chegada da Minha Ana Júlia. Eu queria tentar o parto normal, mas minha médica com receio das últimas semanas de gestação onde o bebe só faz crescer e engordar, optou por marcar a cesárea as 38 semanas, pois estava tomando 3x mais insulinas do que tomava antes pra obter um controle razoável. Tive picos hiperglicemicos ,ia sempre corrigindo e controlando o tempo todo. 
O último mês de gestação foi assim. A progesterona lá em cima, sendo contrária à ação da insulina.


Tive uma gestação muito tranquila, apesar da DM, das inúmeras hipo e depois hiperglicemias. Mas sempre lutando pelos valores almejados. Meu marido me ajudou e ajuda muito tambem! É um paizao!

A medica resolveu marcar a cesarea pra o dia 01/07/2015 e eu estava nesse dia com 37 semanas e 5dias de gestacao, com percentil da bebe em 5,6. Tudo otimo. Mas ela com receio dos picos hiperglicemicos que eu estava tendo, nao quis arriscar e esperar. Engordei 10kg ate o final da gestacao. 


Minha Ana Julia nasceu as 6:40 da manha do dia 01/07/2015 pesando 3,106kg e 49cm. Linda! Saudavel! Nao teve picos severos de hipoglicemia. Variando entre 50 e 60 nas 3 primeiras horas de vida. 





Valeu cada esforço! Cada sacrificio!





A amamentação está sendo exclusiva, produzo muito leite ao ponto de ter
que usar uma bombinha elétrica pra retirar o leite em excesso. O peito está ferido mas vale a pena cada dor e cada ferida em cicatrizacao.


Estou tomando bastante liquido e comendo de 2-3hs, aumentei a alimentação de forma saudável e voltei usar a mesma quantidade de insulina que usava antes de engravidar, pois durante a gestação precisei aumentar a dosagem de insulina em 100% do valor habitual (fiquei resistente a mesma na gestação).


A recuperação da cesárea está sendo ótima, meus pontos estão sequinhos, quem vem me visitar nem acredita que passei por uma cesariana. Estamos ótimas! Este momento de interação e adaptação está sendo mágico!Ana Julia é tranquila, só chora quando quer mamar.


Diria a todas aquelas diabeticas que desejam ser maes que facil nao é, mas cada sacrificio vale a pena! Todas nos somos capazes de ter uma gestacao saudavel e tranquila mesmo sendo diabeticas! 


Sou prova viva disso!




Nenhum comentário:

Postar um comentário