.

Ainda dói,mas sei que preciso dar tempo,ao tempo

|
Olá! Me chamo Geise, sou DM1, uso insulinas NPH e Regular, faço 6 dextros por dia e lhes contarei um pouco sobre mim.

Tenho 6 anos de diabetes e muita história para contar. Vou resumir um pouco. Tudo aconteceu muito rápido,num piscar de olhos emagreci,sentia muito sono,bebia muita água e fui parar no CTI em coma diabético,com apenas 17 anos e sem saber o que era essa doença,para mim era apenas uma doença que dava em pessoas idosas,mais enfim,a partir dali minha vida mudou muito.

No começo eu achei que era só não comer doces, pensei que viveria numa com o DM,mas não foi, resolvi não ligar para o tratamento,me revoltei e comecei a sair para baladas ,ingeria muita bebida alcoólica e vivia como se não houvesse o amanhã.

Passando-se 4 meses do diagnóstico, me veio uma descoberta que mudaria minha vida, mas dessa vez para melhor,estava grávida de 4 meses de um lindo menino, meu filho Matheus ,meu presente de Deus.

Tive uma gravidez muito tranquila,sem intercorrências, engordei 15 kgs os quais logo perdi, e com 38 semanas de gestação, foi feita uma cesariana para o nascimento dele afim de se evitar quaisquer complicações. Dia 22/05/2009,o  bebe nasceu com 3,475 kg e 46 cm,o amamentei até 1 ano e 3 meses.

Vê-lo foi o dia mais feliz da minha vida,mais não pude ficar com ele, logo quando este nasceu precisou ir para UTI pois nasceu com hipoglicemia e insuficiência respiratória. Foram 15 dias de UTI com meu bebê, ele foi transferido para outro hospital depois que tive alta, ia visitá-lo, ficava com ele durante o dia e a noite ia embora.  Tudo ocorreu bem graças a Deus!

Quando Matheus já tinha 2 anos, me separei do pai dele e segui minha vida normalmente.Conheci meu atual marido, após um tempo juntos, descobri novamente que estava grávida e de uma princesa, que resolvi chama-la de Ana Julia.

Tive uma gravidez tranquila, todos os exames bons,tudo ok, engordei 20 kgs os quais logo perdi. No dia 06/05/2014, com 37 semanas me senti mal,entrei em trabalho de parto,fiquei por horas esperando e quando resolveram fazer a cesariana minha princesa já estava em sofrimento,os pulmões ficaram encharcados e após 6 dias de nascida ela não resistiu e partiu para os braços de Deus,nasceu com 3,200 kgs e 46 cm.

Passando 1 ano da perda da minha princesa, procurei um médico fiz tratamento com ácido fólico,parei o anticoncepcional  e engravidei novamente e de um príncipe, escolhi o nome Davi.

A gravidez foi tranquila, até que aos 7 meses de gestação descobri que meu príncipe era cardiopata,meu mundo desabou pois eu já sabia os riscos que ele corria,mais lutei até o fim, engordei 15 kgs ,dos quais  faltam apenas 5 kgs para perder.

Dia 01-6-2015, ele nasceu de 34 semanas, parto prematuro - cesárea de emergência, 2,740 kgs e 42 cm. Ficou na UTI por 60 dias,fez a cirurgia cardíaca e infelizmente não resistiu. O tempo que Davi ficou internado eu tirava o leite para ele, ele se alimentava de leite materno.

Os médicos da UTI falaram que pode ser problemas genéticos, por que tive o Matheus saudável... Não sei...  Algo dentro de mim, diz que não é... Fui pesquisar e soube dos riscos do diabetes na gestação, vi que os bebês podem nascer com má formações devido a diabetes, inclusive má formações cardíacas ...

Me culpo demais por não ter procurado saber, por não ter me cuidado mais,hoje minha vida não é mais a mesma,pois convivo com a dor,me sinto culpada e angustiada por saber que eu poderia ter feito diferente,poderia ter esperado mais... Pode não ser culpa minha, mas viverei com estes questionamentos, pois sou mãe, queria minha família completa...

Dizem que o tempo é o melhor remédio, tomara! Quero sentir saudades, tristeza não!

Fez 2 meses que ele se foi, pelo fato de eu ter o Matheus para cuidar estou procurando viver “normalmente” até mesmo porque para ele também  foi muito dolorido, Matheus  tinha muitas expectativas de viver com o irmão, então me faço de forte para dar total apoio a ele,este ainda precisa muito de mim.

Da Ana Júlia foi tudo muito rápido e não esperávamos nem um pouco perde-la pois os exames dela sempre deram todos bons,a glicemia descontrolou bastante pelo fim da gestação,e o Davi ficou mais tempo com a gente apesar de ter sido no hospital e ele me passava uma força muito grande que eu tinha muita fé que ele iria conseguir, mais os médicos sempre avisavam todos os riscos, eu não estava preparada para perder nenhum dos dois,quando o Matheus está na escola que posso ter um momento só meu para chorar,pensar, refletir....

Eu e minhas bencaos


Após o nascimento e partida do Davi minha glicose ficou muito alta muitas hiperglicemias, agora que está voltando a controlar novamente.

Tive problemas na visão depois desta ultima  gestação, sinceramente ainda não fui no oftalmo,estou para ir agora nesse mês de novembro, sei porque minha vista não está mais a mesma coisa.

Quanto a ter outro filho...Meu esposo deseja...Ainda não tenho cabeça para isso, seria uma quarta cesárea, o que também não é aconselhável,deixemos o tempo passar...

Estou compartilhando minha história com vocês,não para desmotivá-las, mas para dizer que podemos ser mães assim como sou do Matheus. Infelizmente tive dois desfechos doloridos quanto a maternidade,mas tenho um filho maravilhoso. A vida é uma caixa de surpresa,não dá pra saber o que irá nos acontecer, mas não devemos desistir, pra tudo há possibilidades.

Ainda dolorida,mas sigo em frente na esperança de que um dia a diabetes vai ter cura. Obrigado por lerem a minha história e fiquem com Deus.

4 comentários:

  1. Eu tenho Diabetes desde meus 2 anos de idade, hoje tenho 32 anos, quero ser mãe mas tenho muito medo, vou entregar nas mãos de Deus. Minha diabetes é muito discompensada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Franciele...sou diabética há 27 anos...tenho um menino de 7 anos e um bb de 1 aninho...é possivel...com controle disciplina e muito esforço...vc consegue...Deus te abençoe e te fortaleça para q vc consiga realizar seu sonho...conte comigo se precisar conversar..se eu puder ajudar....vá ao medico organize sua dieta suas doses de insulina q a diabetes fica controlada pra q vc possa conseguir...bjsss

      Excluir
    2. Franciele, também sou diabético desde 02 anos, hoje tenho 37 e não tenho nenhuma complicação. Recomendo que pergunte ao seu médico sobre a insulina tresiba, ela vai ajudar no seu controle. Boa sorte

      Excluir
  2. Sou diabética a dois anos nunca fiz o tratamento direito mas agora que estou fazendo estou inchando muito. .tomo insulina seis vezes por dia. É normal ter edema??

    ResponderExcluir